Tal como debatemos na nossa introdução, uma bolsa de apostas não é uma casa de apostas tradicional. Podemos encará-la como um mediador de apostas, fornecendo a possibilidade para os apostadores apostarem entre si. Quando faz uma aposta numa bolsa de apostas, está a apostar contra outro utilizador da bolsa, num ambiente semelhante ao da bolsa, com utilizadores a comprarem (“back”) ou a venderem (“lay”) apostas para resultados específicos. As trocas envolvem requisitar as odds às quais estão disponíveis para trocar e quanto estão dispostos a arriscar.

Como-Diferem-as-Bolsas-de-Apostas-das-Casas-de-Apostas-Tradicionais

Como é que a bolsa de apostas faz dinheiro?

 

Se as bolsas de apostas não são mais do que mediadores entre os seus utilizadores, pode interrogar-se como é que as bolsas de apostas lucram. As casas de apostas tradicionais oferecem odds já considerando a sua margem de lucro e os seus clientes fazem apostas. Se vencerem, a casa de apostas paga os respectivos ganhos. Se perderem, a casa de apostas reclama a aposta do seu utilizador. Simples.

Sendo que as bolsas de apostas são plataformas intermediárias entre utilizadores que pretendem comprar e vender apostas, como é que lucram? A principal diferença de uma casa de apostas tradicional e de uma bolsa de apostas é que enquanto que a casa de apostas tradicional lucra proporcionalmente às suas perdas, uma bolsa de apostas lucra proporcionalmente à quantia que aposta. Não se importam quem ganha ou quem perde a aposta, mas sim que a aposta efectivamente aconteceu.

Porquê? Porque as bolsas de apostas cobram uma comissão nas apostas feitas entre os seus utilizadores. Este é basicamente o preço de ter a sua aposta emparelhada com a de outro utilizador que tem uma opinião contrária à sua.

A taxa e a forma com a qual a comissão é cobrada depende inteiramente da bolsa de apostas e do mercado de apostas em questão. Por exemplo, algumas bolsas de apostas oferecem comissões reduzidas nas principais Ligas de futebol Europeias enquanto que outras oferecem descontos em mercados como as Handicap Asiáticas, tentando encorajar os utilizadores a fazerem trocas nesses mercados.

A possibilidade de apostar contra um resultado

 

A possibilidade de apostar contra ou a favor de um resultado dá aos utilizadores a possibilidade de ganhar dinheiro independentemente do resultado final do mesmo. É a isto que os apostadores profissionais chamam “trocar com o mercado” e é particularmente importante para apostas ao vivo. Alguns utilizadores das bolsas de apostas já não se consideram apostadores, mas sim alguém que troca apostas diariamente.

Os utilizadores das bolsas de apostas trocam as suas apostas como um investidor na bolsa faria, avaliando o mercado em eventos ao vivo. Iremos detalhar exemplos de bolsas e mercados de apostas em mais detalhe em outras secções. Para agora, deve reter que estas bolsas de apostas têm uma natureza dinâmica e que enquanto que as casas de apostas tradicionais oferecem apostas ao vivo e a possibilidade de poder retirar alguns lucros antes do fim do evento, é efectivamente nas bolsas de apostas que os verdadeiros apostadores utilizam todo o seu conhecimento para obter o melhor lucro possível.

Um maior interesse em apostas

 

Quando aposta numa casa de apostas tradicional, a casa quer que perca. No caso de uma bolsa de apostas, é totalmente indiferente quem ganha.

Em vez de lucrarem das apostas que os apostadores perdem, as bolsas de apostas lucram proporcionalmente ao nível de actividade, do qual retiram uma comissão.

Apostas sem limite… em teoria

 

Enquanto que nas casas de apostas tradicionais há limites máximos de aposta, em teoria não há quaisquer limites numa bolsa de apostas. Na prática, a quantia máxima de aposta é “limitada” à liquidez de um mercado em particular. O que é a liquidez de um mercado?

Esta é uma frase que irá ouvir frequentemente entre apostadores veteranos. O que quer isso dizer? Refere-se simplesmente à quantidade de dinheiro a ser trocado entre os utilizadores da bolsa de apostas, para um dado mercado.

Numa bolsa, os mercados podem trocar mesmo milhões de euros, principalmente em mercados populares como a Liga Inglesa ou jogos da Liga dos Campeões, principais corridas de automobilismo e eventos internacionais muito populares como o Super Bowl. Diz-se portanto que estes mercados têm elevada liquidez.

Outra limitação é sem dúvida as odds oferecidas pelos outros utilizadores da bolsa. Embora um mercado possa ter elevada liquidez, pode não ser capaz de apostar o volume que pretende às odds que pretende.

Odds melhores… em teoria

As odds são tipicamente melhores do que as que encontraria numa casa de apostas tradicional. Embora seja um argumento amplamente utilizado pelas bolsas de apostas, pode ser ligeiramente enganador.

Primeiro, a liquidez tem um grande peso. Se uma casa está a oferecer odds de 2,20 para um determinado jogo e as odds na principal bolsa de apostas são de 2,30 – será que vai conseguir apostar o que pretende a essa odd? É certamente possível num mercado de elevada liquidez como a Liga Inglesa, mas em ligas ou desportos não tão conhecidos e com baixa liquidez, pode ter problemas a colocar a aposta desejada.

Segundo, e talvez mais importante que tudo, deve ter em linha de conta as comissões pagas à bolsa de apostas quando comparar as odds. Claro que uma odd de 2,30 é relativamente superior que uma odd de 2,20, mas ao tomar em linha de conta a comissão que terá que pagar à bolsa, as odds podem ser bastante semelhantes e, em alguns casos, inferiores.

É crucial ter sempre isto em consideração. As bolsas de apostas oferecem diferentes taxas de comissão, dependendo da liga, torneio e mercado, com comissões entre os 0% (preço promocional) e 2-5% de todas as apostas ganhadoras.

Porque é que pode preferir uma casa de apostas tradicional

 

Embora possa parecer que as bolsas de apostas oferecem um produto e serviço superiores em comparação com as casas de apostas tradicionais, existem áreas onde os apostadores recreativos irão preferir as casas de apostas tradicionais.

O formato da bolsa de apostas não permite a mesma regularidade de promoções e de apostas gratuitas, por exemplo. Se gosta de usar as promoções do fim-de-semana para a Liga Inglesa, então definitivamente que as bolsas de apostas não são para si.

Os utilizadores de uma bolsa de apostas podem tentar fazer apostas múltiplas, mas é bastante raro que este tipo de aposta seja aceite. Se gosta de fazer apostas múltiplas durante o fim de semana de futebol, certamente que irá preferir uma casa de apostas tradicional.

Por ultimo, enquanto que a natureza dinâmica e transparente de uma bolsa de apostas pode ser curiosa para alguns, para outros apostadores é confusa e demasiado sofisticada. Se é um apostador casual e recreativo, provavelmente uma casa de apostas tradicional será a sua melhor aposta.

Temos que dar crédito às bolsas de apostas por basicamente criarem apostas ao vivo. Antes da Betfair oferecer apostas ao vivo em mercados como corridas de cavalos, ténis e futebol, os apostadores só podiam fazer as suas apostas antes do evento e a aposta ficava trancada até ao final do evento. Se houver um golo inicial rápido, a sua aposta pode ir por água abaixo nos minutos iniciais. O aumento de popularidade das bolsas de apostas alavancou as apostas ao vivo. Hoje em dia, qualquer casa de apostas tradicional oferece uma funcionalidade de apostas ao vivo.

A natureza dinâmica da bolsa de apostas dá grande flexibilidade aos apostadores. Com as bolsas de apostas, os apostadores têm agora a possibilidade de apostar “contra” um possível resultado, essencialmente colocando o apostador no papel da casa de apostas, com a própria bolsa a ser facilitadora desta troca.

Isto deu origem a um novo tipo de apostador que se foca simplesmente em fazer trocas de apostas, quer antes do jogo ou durante o mesmo – tal como alguém da área financeira trocaria na bolsa. Daremos uma olhada em como estes apostadores garantem lucros em secções futuras do nosso guia.

É importante notar que embora a oferta de eventos seja semelhante em ambos os tipos de casas de apostas, a possibilidade de apostar em certos mercados está frequentemente limitada à liquidez disponível. No entanto, isto não deve ser uma preocupação se está interessado em apostar na fina-flor do futebol, como a Liga Inglesa ou a Liga dos Campeões, cuja é normalmente a maior.

Se é um apostador recreativo e gosta de apostar em ligas e desportos mais secundários, poderá verificar que apostar em bolsas de apostas pode tornar-se frustrante e aborrecido. A maioria das ligas mais obscuras têm frequentemente baixa liquidez, e enquanto que a liquidez desses mercados melhora ao aproximarmo-nos da data do evento, a necessidade de esperar e ver as suas apostas pendentes é tudo menos recompensante.